Navegando...

Navegando...

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

XXXIV




Não sei definir a palavra saudade
Mas, sinto-a!

Maria Antonieta Oliveira
26-09-2016

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

XXXIII





Na senda dos caminhos
A vida se partilha amando e sofrendo
Depois… tudo se perde, tudo se esvai


Maria Antonieta Oliveira
16-08-2016

sábado, 7 de novembro de 2015

XXXII

O ontem, jamais voltará, é passado
O amanhã, não sei se chegará, é futuro
O hoje, é presente, e como presente, vivo-o como uma benção do céu!

Maria Antonieta Oliveira
03-11-2014

XXXI

Nas telhas do meu quintal
lágrimas orvalhadas em lágrimas de ternura,
repousam.

Maria Antonieta Oliveira
27-10-2015

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

XXX






Há uma disparidade
entre aquilo que sinto
e a minha realidade.


Maria Antonieta Oliveira



domingo, 31 de março de 2013